Não é sobre você mesmo

“Lembrai-vos dos presos, como se estivésseis presos com eles, e dos maltratados, como sendo-o vós mesmos também no corpo.” (Hebreus 13:3)

A natureza do Evangelho se apresenta com grande evidência nesta passagem, porque o Evangelho da Salvação não é para os que se consideram justos, mas aos que não resta dúvida alguma que não valem um único centavo.

Não é apenas o fato de que os bons não precisam de médico. Mas a realidade de o “doutor” é o único que conhece o caminho para a eternidade.

Se o seu suposto evangelho é sobre garantir “direitos” de sua família e patrimônio, então definitivamente você não faz parte do Reino de Deus.

Não é sobre salvar sua vida ou defender “valores”. É sobre dar a própria vida voluntariamente para que outros tenham seu entendimento iluminado por Cristo. Denunciamos a mentira dizendo a verdade. Libertamos pessoas sendo presos. Mostramos a  verdadeira vida morrendo.

Você pode gostar...

6 Resultados

  1. Glória a Deus pela sua vida e entendimento da palavra! Com toda certeza, inspira muitos que estão desanimados diante de tanta bobagem que é propagada como se fosse a verdade. Que Deus continue te conduzindo à toda verdade sempre!

  2. Julio Cesar Guimarães disse:

    É verdade, Ariovaldo. Tenho visto que o cristianismo falado e o prático não estão sendo compatíveis, mas o evangelho verdadeiro é extremamente prático! Palavras como amor, fé e esperança, aqui no nosso português é gramaticalmente um substantivo abstrato, mas na Bíblia é um substantivo concreto. O Pr. daqui pra explicar essa parada melhor deu um exemplo interessante, se pedirmos pra uma criança desenhar o amor, ela vai fazer um coração, se pedir pra uma criança judaica, ou grega nos tempos de Jesus, ela com certeza desenharia algo do tipo um homem ajudando outro a se levantar,… ou seja o amor, a fé e a esperança não são sentimentos, são ações,…

    Valeu cara, curto seu compromisso com o texto bíblico, que Deus levante mais caras assim,…

  3. Fabricio disse:

    Amor é movimento, nunca será abstrato, e de fato em nada tem haver com direitos da nossa família ou patrimônio, A não ser que esse direito esteja ligado ao mínimo de dignidade humana e quanto a patrimônio, bom que patrimônio rsrs, o reino de Deus é dos pobres, e mesmo o rico vira pobre quando se converte, pois nada mais é dele tudo é do reino e fazer isso ou aquilo com o que “temos” agora é prerrogativa de Deus que sempre usa em beneficio do próximo dando clareza ao seu reino. Muito boa reflexão!!!

  4. Evangelho puro e simples!

  5. Miclovio Malone disse:

    Boa abordagem!
    É isso mesmo, a mensagem do evangelho é uma mensagem de renuncia para alcançarmos o próximo, os perdido e os doentes espiritualmente. Isso faz a gente refletir um pouco mais sobre o que estamos fazendo pelo reino de Deus, se estamos simplesmente atrás dos nossos direitos (se é que temos?) ou abrindo mão de certas coisas para alcançarmos o próximo.

  6. Nathan disse:

    Caramba! Me lembrei do que você disse em Caratinga-MG, precisamos ser sem duvidas como Jesus foi, andarmos fora dos templos e nos humilhar junto aos humilhados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.