Missão Integral?

Print Friendly, PDF & Email

A missão é integral quando o missionário está agarrado no serviço. Não está promovendo conferências milionárias, nem viagens pra Israel e nem prometendo prosperidade aos que são fiéis nos dízimos e ofertas.

É quando a prática do missionário é tão constrangedora, que sem sequer conhecer Lausane, sua conduta remete aos princípios mais fundamentais de cuidado ao próximo. Seu campo missionário é o outro, não num futuro utópico e distante. Hoje!

O púlpito do missionário que entende a missão é as ruas. E não se achega até ele em carrões luxuosos se deliciando no ar condicionado. Não viaja o Brasil e o mundo só se for de avião promovendo atos simbólicos com ações para inglês ver.

É Tiago sendo mais atual do que nunca, quando nos desafia a mostrarmos a nossa fé sem obras, sendo que nossas obras deveriam naturalmente revelar nossa fé. Não precisamos de teóricos, gente que destila teoria e ganha espaço para difundir ideias mais pela amizade do que pela competência.

Não queremos ouvir histórias sobre jovens que fizeram coisas espetaculares. Queremos ouvir os próprios jovens!

Obras de verdade, não marketing. Projetos reais, com pessoas de verdade.

A missão é integral quando o missionário também o é.

Você pode gostar...

13 Resultados

  1. Pastor, te indico um livro legal sobre o assunto, se você já não leu, mas é o “MISSÃO INTEGRAL – EM BUSCA DE UMA IDENTIDADE EVANGÉLICA” do Ricardo Gondim. Deus te abençoe e curto muito a iniciativa da Bíblia FreeStyle!

  2. Daniel Lemos disse:

    O grande desafio é viver de forma integral a missão que Jesus Cristo nos deixou! Na verdade temos sido semidesnatado ou desnatado!

  3. Aslen Silva disse:

    Concordo com você meu irmão. Missão não se faz no futuro, é agora ou seja viver o tempo tudo em missão. Campo tem, só faltam homens corajosos como nossos irmãos de atos.

  4. Concordo plenamente com estas palavras querido, me desculpe mas estou com o saco cheio destas igrejas que dizem que fazem missão e adotam missionários e enviam, só para pegar dinheiro do povo de Deus e a grande Komissão imperando.

    E ainda tem a cara de pau de falarem que fazem MISSÃO INTEGRAL, mas não conseguem se quer alcançar outro lado a rua de sua igreja.

  5. Pericles disse:

    Top!

  6. Desireé - disse:

    Sou missionária e essas questões da “falsa missão integral” realmente nos atingem de inúmeras formas, principalmente para quem realmente se esforça para transformar a sociedade. Tenho conhecido cada vez mais missionários, que, como eu, enfrentam tanta dificuldade de contar com a igreja para missões, pois se não estamos na África ou em algum lugar que tem “Status de missões” não somos levados a sério, enquanto vemos muitos irmãozinhos abusando de sustento e investimentos e principalmente cobertura espiritual da igreja para realizar aquilo que todo mundo já está fazendo e onde todo mundo já está. Mas ainda tenho esperança de que os olhos serão abertos e a própria igreja entenda que missões integral é estilo de vida, e se faz onde está. Deus abençoe!

  7. Michele Macedo disse:

    Olá, eu sou a Michele e tenho 25 anos. Fiquei feliz em ler este post porque sem ordem da igreja ou de um líder da igreja que faço parte, somente pela vontade de Deus, muitas vezes eu tenho pregado em ônibus, em filas, na rua.. e pessoas tem sido abençoadas com a Presença de Deus manisfesta, com as orações que faço por elas. Muitas pessoas pegam meu contato e me pedem orações específicas e isso é impactante. O amor de Deus se revela de uma forma tão sublime que nem eu mesma entendo. Eu prego quando saio da igreja de salto alto e prego quando estou saindo de uma lanchonete vestida de esporte e tênis do mesmo jeito, e apesar de tudo isto, as pessoas se demonstram tementes à palavra de Deus e famintas por mais de Deus. Então, só posso dizer que apesar de eu não ter ainda estudado teologia, Deus tem me usado mesmo que às vezes com um simples abraço e uma oração mais simples ainda por todos que se abrem para isso, às vezes moradores de rua e às vezes pessoas aparentemente importantes, ou seja, pessoas. Deus quer tocar todas as pessoas. E eu sou muito grata por isto.

  8. Arquimedes disse:

    Tem uma teologia da compaixão da dor alheia que a gente muita das vezes não consegue entrar ou raramente entra. Alguns não entram e não deixam os outros entrarem.

  9. Fernando Baziotti disse:

    Meu pai está agora no Sudão do Sul por amor as almas, para abrir uma escola e um orfanato junto com a missionária que lá mora. Será que os caras que aparecem na Tv e os “artistas Gospel” gostariam de fazer um culto lá? “Conferencistas”, “missionários”(que só pensam em dinheiro) deveriam ser erradicados do evangelho ou transformados. Um abraço Ariovaldo.

  10. Lucia disse:

    Muito interessante sua postura, eu me identifiquei, acrescentaria algo sobre o que penso particularmente…muitas pessoas pensam que ser missionário é ser pobre, é fazer voto de pobreza, é abdicar das bênçãos materiais (sendo que prosperidade vem de Deus) mas, a difrrença está justamente em não escanfalizar o outro, ou seja, demonstrar que apesar da classe social (que as vezes nos denominam) podemos fazem o reino de Deus com Amor e destreza.
    Gosto muito de suas matérias.
    Deus o abençoe Sempre!
    Shalom!

  11. Celio Machado disse:

    todas agencias de missões estão em crise… não conseguem alcançar,mobilizar, acho que ficaram velhas demais.

  1. 2 de dezembro de 2013

    […] Fonte: Blog do Ariovaldo Jr. […]

  2. 14 de janeiro de 2014

    […] Fonte: Site pessoal de Ariovaldo Jr. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *