Quando

Quando eu me converti a Cristo, me sentia um lixo diante da visível santidade (segundo o que eu compreendia a respeito disso) de meus companheiros. Era como se houvesse uma percepção de que eu não era digno de fazer parte daquele grupo. A paciência de meus mestres (amigos de verdade) foi não apenas em ensinar princípios, mas principalmente em reafirmar o quanto Deus tem um gosto estranho e duvidoso por aqueles que “não são”.

Os anos se passaram e aprendi a admirar grandes homens de Deus. Ou quase. A comparação com a minha própria vida era inevitável e eu continuava me sentindo a escória da humanidade. Então o tempo acabou revelando que uma grande parte dos grandes homens que admirei sustentavam apenas uma aparência moralmente respeitável.

Neste meio termo passei a meditar sobre a necessidade de ser autêntico e transparente mesmo que isto represente ser uma porcaria longe do padrão de Deus. Por pior que sejamos, quando há sinceridade, Deus interfere e forja nosso novo caráter na chama dolorosa de seu amor. É, o amor dói.

17 anos se passaram. Altos e baixos de montão na minha “carreira”. Alguns baixos foram tão profundos que ainda tenho medo de dormir com a luz apagada. Mas uma coisa posso afirmar com toda a certeza: sou uma porcaria em constante manutenção. Ainda que me arrastando, estou caminhando PRA FRENTE. E por isso não tenho saudades de “QUANDO” nenhum do meu passado.

Você pode gostar...

4 Resultados

  1. É mano, agente deveria poder “andar nu” entre as pessoas de nossas comunidades, pois ao menos na igreja esperamos que as pessoas nos entendam como seres falhos…
    Falou tudo Ari…

  2. Lili disse:

    Muito bom o texto Ari! Sem muitos comentários por aqui. rs =)
    abraço!

  3. Weslei disse:

    Cara, vc tem peito, pois posso afirmar que 80% das pessoas nas igrejas falariam as mesmas coisas e eu me incluo no meio, e claro, o evangelho é algo que transforma a(s) pessoas durante toda a vida e não só no momento da “converção”, portanto, infelizmente, muitos ainda irão se sentir a escória dado esse cenário de se converta primeiro antes de fazer parte do nosso grupo… Lamentável….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.