Em nome da conveniência

You may also like...

7 Responses

  1. Sidney disse:

    Cara,
    Assino em baixo o que você falou sobre esta babação de ovo em cima do Caio Fábio.
    Particualrmente tb gosto de muitas coisas dele, mas ultimamente tem se tornado o pretendido, ser a ultíma bolacha do pacote celestial, o detentor do verdadeiro evangelho.
    Porém mais triste ainda são os seus adeptos que o idolatram a ponto de chingarem todos os que pensam diferente.
    Seu texto me veio em boa hora.

    Sidney

  2. Talita disse:

    Ari,
    Gosto mto da clareza com que você expõe os fatos.
    O Caio é super inteligente e gosto de muitas coisas que ele fala também.
    Mas ele não é detentor de uma verdade absoluta, sabe.
    O cristianismo real, simples está cada vez mais acessível a quem quiser sair da religiosidade, do legalismo enfim..Talvez o Caio apareça mais por fazer mais barulho, só isso.

  3. Sergio Marcos disse:

    É isso aí Ari. Conheci você no último Tribal em Uberlândia. No final do seu seminário tinha muita gente e não conseguimos conversar. Mas tô aqui para te agradecer por este texto. Conheci o Caio pessoalmente nos idos 1982/3 em Niterói quando ela estava iniciando a VINDE. Tive o provilégio de ouvi-lo pregar em vários eventos e posso dizer: são dois “Caios” – o “de antes” e o “depois”. O brinlhantismo intelectual não o abandonou bem como seu conhecimento bíblico e excelente oratória. Por isso muitos ainda o “idolatram”. Mas quem o conheceu antes, vê e sente a diferença. Não podemos julgá-lo, é claro. Há um Juiz para isso. Podemos escolher ouvi-lo ou não. Acho que hoje em dia existem fontes mais seguras, experientes e espirituais para nosso deleite. Um grande abraço.

  4. Grande Ari, conheci teu blog pelo texto do “Foda-se” e sempre que poço dou uma olhada no seu site. Aliás, acabei de publica-lo no meu blog, rs.

    Como frequento o Caminho da Graça, queria dizer algumas coisas:

    1 – É, tem tudo aí que você falou, gente achando que achou a igreja (que é mais que igreja) perfeita, e que todo o mais não presta ( que é basicamente o narcisismo que caracteriza uma seita), mas depois caem em si. É a vida, e é a misericorida de Deus sobre nós;

    2 – Do Caio, é um irmão querido que sabe se expressar muito bem, que conhece a Palavra e que já viveu muita coisa. Tem os defeitos que a gente percebe só de ouvi-lo um tempo, mas ele leva o evangelho a sério. O resto se ajeita com o tempo;

    3- Sobre mim, sou um vira-lata discipulo do Caio, de você e de qualquer um que pregue (e apenas quando pregue) o evangelho de Jesus, mas não tenho dono, a não ser Aquele, e num menor grau, a minha filha, minha mulher e a minha mãe;

    O que gosto mesmo, com relacao a igreja, não é nem do caminho da graca em si, mas de me reunir com gente para ler os evangelhos e orar e bater papo, em casas ou saloes, independente da igreja que frequentem ou das nuancias teologicas.

    Mas posso te falar uma coisa? Aqui em macaé, quase ninguém quer!

    Se reunir em casa? é chato, nao tem musica instrumentada nem pregadores “de verdade”…

    Se reunir em praças para ler a biblia e se abrir para os perambuladores? é mico, pega mal com o pessoal da escola ou do trabalho…

    Trabalho com um montao de “cristaos”. É uns 30% da turma da minha área. Quase todos nào gostam de falar de Jesus ou do evangelho. E é gente de concurso público, gente do brasil inteiro.

    Mas alguns querem, rs. E o evangelho vai sendo levado que nem pipa voada…

    É isso. fui!

    Leonardo Cordeiro

  5. Adelaide souza disse:

    Que bom encontrar um texto que exprime exatamente o meu sentimento em relação a igreja e ao Caio. Estamos em 2014 e da época em que foi escrito até hoje , nada mudou, nos últimos meses encontrei a página do caio no face, comecei a ouvi-lo e perceber que lá “crente burro” é pleonasmo(vicioso).Quando o Caio chama os crentes de burros , seu fãs vão ao delírio. Lamentei, tentei argumentar e fui chamada de “chata” por uma defensora dele uma espécie de “cão de guarda” da página. Então, peguei o meu boné e fui, quanto ao seu texto, você mandou muito bem.

  6. Wagner Geraldo disse:

    Sobre o Caio, o bom mesmo era ouvi-lo nos vídeos clássicos, hoje ouvir o Caio é a mesma coisa que transmissão de raiva. Acho ele contraditório em alguns aspectos, do tipo, fala tão mal da igreja, mas é membro atualmente da catedral presbiteriana do Rio. Acho que tem coisas que estão erradas na igreja sim mas não pode generalizar, acho que a turma do caio “hoje” não passa de pessoas que acham que estão se libertando de liturgias, maneiras etc da igreja mas estão num círculo vicioso da mesma forma. Um Abraço brother.

  7. Sara disse:

    Querido, no amor do Senhor eu quero te dizer que está fazendo exatamente o que Caio faz quando vc diz que condena a insistência dele em criticar outros e que por este motivo o considera um cristão hipócrita
    Não seria melhor não dizer nada a respeito?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *