Ninguém aguenta gente chata!

Print Friendly, PDF & Email

Imagine um culto com todas as suas firulas. A variabilidade daquilo que as pessoas são capazes de imaginar não é algo muito surpreendente. E o que eu me pergunto constantemente é: DE QUEM É A CULPA?

Hoje, aproveitando que não estava fazendo nada, fiz alguns testes de vídeo, sozinho em casa. Estou tentando gravar algumas idéias com imagens por que já percebi que há um público cada vez maior nesta nova geração que é avesso à leitura de qualquer coisa com mais de 140 caracteres. Como eu não levo jeito pra ser escritor de provérbios, me sinto na obrigação de rebolar um pouco para encontrar um canal viável de comunicação.

A maior parte das pessoas odeia ouvir ou ver a si mesmo em algum tipo de gravação. Mas este recurso pode ser revelador para aqueles que pretendem descobrir porque tem dificuldade de encontrar pessoas que se sintam motivadas com suas conversas mais triviais.

Pode-se culpar um inexistente “espírito de desatenção” pela falta de atenção das pessoas em uma palestra. Pode-se culpar o diabo em pessoa. Mas tudo isto é tampar o sol com a peneira. É preciso um pouco de humildade para perceber que todos os elementos da vivência coletiva devem necessariamente ser inspiradores.

Não importa ter bons músicos numa igreja. Nem tampouco ser o “ás” da oratória, hermenêutica e retórica. Nas ruas, onde as pessoas de verdade vivem, o carisma fala mais alto que qualquer outra habilidade.

Se não há quem ouça a pregação, a culpa é sua!
Se o evangelho em sua vida está desinteressante, então transforme-se.
Ninguém aguenta gente chata. Ninguém aguenta mais você.

Quero todos os dias de minha vida um culto inspirador, com adoração inspiradora, palavras inspiradoras e SINCERIDADE que inspire sem a necessidade de explicações.

Você pode gostar...

6 Resultados

  1. Meire disse:

    Isso me fez lembrar o Osvaldo Montenegro e sua Música: “O Chato”, cujo o refrão eu tomei pra mim a muito: “Eu sou uma chato meu Deus não me aguento, só me jogando no mar…”

  2. David Medeiros disse:

    Será que os cultos estão realmente chatos, ou, na verdade, nós estamos nos distanciando cada vez mais de Deus?

  3. Ariovaldo Jr disse:

    Será que Deus está na chatisse e no tédio e nós estamos totalmente equivocados?

  4. Maria Magdalena Moraes de Souza disse:

    Olá, Ariovaldo
    Tudo nesta vida tende a ficar chato quando não se usa criatividade. Quando os dirigentes se colocam na dependência de Deus o culto atende o seu objetivo. Quando os adoradores são verdadeiros adoradores, também.O que está acontecendo é que o Espírito Santo tem se afastado porque este Espírito não compactua com tanto modernismo existente dentro das nossas igrejas. Eu estou com 62 anos, me batizei aos 13 . Como os cultos eram deliciosos! As pessoas eram bem simples, até analfabetas mas o Espírito Santo era sentido por todos. Sejamos criativos. Deixemos Deus agir.

  5. Fernanda Pas disse:

    Copiei as ultimas linhas do teu texto
    e vou colar aqui no meu monitor,
    essas palavras queimaram o meu coraçao;

    nem eu me aguento mais!

  6. ricardo disse:

    que legal cara …é isso aí mesmo…mt doida a idéia, mas dose de loucura não faz mal não…
    As vezes, isto é, quase sempre a gente não se guenta, imagina os outros..vlw..boa palavra aew…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *